• Victória Marchi

Ao ser preso, o pai que não paga a pensão alimentícia tem dívida quitada?




Não mesmo. Ao fim da prisão pela dívida alimentícia o pai continuará devendo os valores daquela pensão que ocasionou sua prisão.


Ao ser posto em liberdade, o pai continuará devendo o valor, que poderá ser cobrado por penhora de valores existentes em conta corrente ou poupança, veículos, imóveis, aplicações financeiras, sem falar que poderá ter seu nome negativado junto a instituições financeiras, bloqueio de salário em até 50%, entre outras medidas executórias.


Ao contrário do que se imagina, a dívida não caduca e não deixa de ser cobrada após a prisão do genitor.


Encaminhe suas dúvidas para nossa equipe especialista em direito de família.

3 visualizações0 comentário